Direct Mailing

O envio da marca diretamente para casa do consumidor

“Não conte as pessoas a quem chega, chegue às pessoas que contam.”

Ogilvy Worldwide

Já outras vezes aqui referimos a importância de conhecer bem o seu público-alvo. Estar a par dos seus hábitos, ter conhecimento do seu poder de compra, antecipar as suas necessidades são apenas algumas das características que uma marca deve ter em mente quando pretende estruturar uma campanha de publicidade. Quando se fala de direct mail esta necessidade atinge novas proporções.

O direct mail é um meio utilizado pela técnica de Marketing Direto (ou Marketing Relacional), que por sua vez se baseia na comunicação personalizada com o público-alvo da marca com o objetivo principal de reforçar e fidelizar o relacionamento com os clientes. Neste sentido, para realizar uma campanha de direct mailing é de extrema importância que exista uma base de dados detalhada, com um conhecimento aprofundado dos clientes/potenciais clientes de forma que a mensagem certa chegue à pessoa certa, utilizando o correio como meio de transporte.

Principais vantagens de realizar direct mailing:

  • Permite altos níveis de rigor ao selecionar o público a atingir;
  • O direct mail é realizado com um destinatário específico, sendo uma estratégia muito personalizada;
  • A apresentação pode ser altamente pormenorizada;
  • Uma vez que é personalizado a sua taxa de desperdício é menor, uma vez que a marca pode e deve adaptar a mensagem com pontos que captam o interesse daquele destinatário;
  • Funciona com quase todos os mercados. Desde que seja algo possível de transportar por correio é possível realizar direct mailing;
  • Quando a marca realiza direct mailing está, no fundo, a oferecer algo ao cliente que, se a campanha for bem pensada, há-de ser algo que perdure no tempo e seja uma lembrança constante da marca na rotina do cliente.

 

Realizar uma campanha de direct mailing pode ser uma excelente ideia para conquistar e fidelizar o seu público-alvo, que precisa conhecer e compreender antes de enviar o que quer que seja, de forma a potencializar os resultados e diminuir as taxas de desperdício. A partir do momento em que a empresa tem uma boa base de dados e conhece bem o seu público está pronta para avançar! Agora falta apenas definir o que enviar, como enviar e quando enviar? Porque é que o cliente, já saturado de receber publicidade seja em casa ou no email, vai ter atenção à correspondência da sua marca? O que é que vai levar o público a ler a sua correspondência e não deitar fora sem sequer ver do que se trata? Como é que pode prender a sua atenção? Todas estas questões são pontos essenciais a responder antes de avançar, procurando consultadoria junto dos nossos profissionais da comunicação e do marketing para que o investimento que a marca está a realizar no direct mail seja devidamente aproveitado. Venha ter connosco e veja resultados!

Scroll to top